Arroz Sujo Cajun – Dirty Rice

Olá

Sem querer ser repetitiva e já sendo, amo de coração a amo a culinária Cajun/Creole. Acho simplesmente deliciosa a combinação de ingredientes, que resulta em sabores únicos e maravilhosos. Essa foi a primeira vez que fiz esse prato e confesso que pesquisei muitos sites e diferentes receitas e combinando as coisas que eu li, cheguei nessa forma de preparo. O que posso dizer é que ficou delicioso e qua vale a pena experimentar.

Esse prato leva fígado de galinha, e mesmo uma pessoa que não gosta (como eu), pode fazer sem medo porque o sabores se mesclam e fica muito bom. Segue a receita:

1

Arroz Sujo Cajun

Rendimento: 04-05 porções

 

02 xícaras (chá) de arroz branco cru

500ml de caldo de galinha

1/2 xícara (chá) de bacon picado

1/2 cebola picada

03 linguiças de porco (toscana ou de pernil) sem pele e bem picadinha – pode ser moída ou processada

01 pimentão verde pequeno cortado em cubos

1/2 xícara (chá) de fígado de galinha cru e picado

02 dentes de alho amassados

1/2 xícara (chá) de caldo de galinha

01 colher (sopa) de Tempero Cajun

Sal à gosto

Cheiro Verde à gosto

2

Preparo:

1. Cozinhe o arroz branco com o caldo de galinha, como faz costumeiramente. Reserve.

2.  Aqueça uma panela grande e adicione o bacon, deixe fritar até que fique dourado, crocante e solte a gordura.

3. Acrescente ao bacon a linguiça e frite bem por uns 05 minutos. A seguir coloque o pimentão, a cebola e o alho, refogue por mais uns 02 minutos. Adicione o fígado de galinha picado e frite, mexa bem.

4. Coloque a 1/2 xícara de caldo de galinha e adicione a colher de Tempero Cajun. Misture bem, raspando o fundo da panela, cozinhe por alguns minutos, deixando ferver até reduzir. Mantenha o fogo médi/baixo e mexa para não queimar os ingredientes.

5. Adicione o arroz já cozido a esse refogado e misture bem. Sirva quente e salpicado de cheiro verde.

 

Minhas Dicas:

1. Esse arroz delicioso é chamado de sujo, e tem essa cor por causa do fígado de galinha, do tempero e dos demais ingredientes. Embora o sabor do fígado não fique pronunciado, você nem vai senti-lo. Enfim a combinação dos sabores é muito boa.

2. Cuidado com o sal porque o bacon, o tempero Cajun e o caldo de galinha já contém sal, portando prove antes de adicioná-lo ao seu prato. No meu caso não precisei colocar nada, ficou delicioso.

3. Raspar a panela é importante, porque é essa rapinha que vi ajudar a dar a cor de sujeira do arroz.

4. Sei que muitos fazem o arroz sujo com a rapa que fica na frigideira do bife, e é muito bom também.

5. Se você simplesmente não suporta a presença do fígado de galinha, pode substituir por carne moída, mas ai já não é o Arroz Sujo da culinária Cajun. Porque o que o deixa com o sabor tão único é a combinação dos seus ingredientes originais.

Comida gostosa + pessoas queridas = almoço perfeito 🙂 !

Bjos da Jane ^^

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Make My Day Creative

Exploring things crafty, crochet, and beyond

Torrada Torrada

para não torrar mais.

Cookin' the life

Repostería, cocina, comida y amor.

ice cream magazine

................... for lovers of ice cream. Your free on line magazine for sweet frozen treats. Recipes, inspiration, artisanal ideas for your delectation.

foodaroundblog

recipes and reviews by an italian taster in the u.k.

Japanese cookbook - Japanese recipes from Mari's Tokyo Kitchen

Japanese recipes from Cooking with Mari, a Japanese cooking class in Tokyo for foreigners

Luca Chef Italiano

"La cucina è amore e buon cibo . Sta al cuoco farlo divenire ottimo."

Sabor de Baunilha & Cia

Culinária, lifestyle, decoração e mais...

%d bloggers like this: